sábado, 21 de agosto de 2021

A saída para o Acre é o agronegócio

ACRE: AGRONEGÓCIO E GESTÃO ATUAL

DINHEIRO TEM O QUE FALTA É GESTÃO,

A SAÍDA DO ACRE É O AGRONEGÓCIO

Foram dois pilares dos três de campanha eleitoral para as eleições de 2018 do atual governo que nos encontramos. Já se passaram quase três anos de mandato nessa gestão, e a pergunta que se faz é: houve isso? Ou esta havendo isso? Ou seja, o desenvolvimento econômico do Acre através do Agronegócio foi implementado pela atual gestão em Tarauacá Acre.

Primeiro vamos ver a quem interessa esse tipo de politica desenvolvimentista

O agronegócio se caracteriza pelo desenvolvimento de uma monocultura de escala comercial para exportação; Apropriação de grandes extensões de terra com solo para mecanização, baixo oferta de emprego, escassez de alimentos da cesta básica da população, especulação de terra, com o aumento da grilagem, concentração de renda na mão daqueles que já tem muito e o aumento do abismo da desigualdade social entre pobres e ricos, dentro outros fatores nocivos à população.

Porém o Agronegócio não deixa de ser um componente da economia moderna importante para o Estado, desde que não esqueça que o povo quer emprego, quer comer, quer ter um poder de renda necessária para atender o mínimo das suas necessidades fundamentais.

Agora vamos ver desenvolvimento do Agronegócio no Acre a partir do Município de Tarauacá, aonde vivemos incentivado e organizado pelo governo estadual do presente momento. Já se vão quase três anos de mandato essa gestão. E o que foi feito? Tem algum seguimento da nossa economia incrementada pela politica do agronegócio nesse governo? A pecuária já é um setor culturalmente enraizado em nosso povo, onde a exportação de carne bovina não se dar devido à politica do agronegócio do estado e sim, a iniciativa isolada muito antes desse governo com a implantação do frigorifico por alguns empresários do município, Infelizmente esse governo não disse pra que veio, na questão econômica do agronegócio em Tarauacá. E pior do que isso, nem mesmo um plano de ação de incentivo na pratica para o desenvolvimento econômico no setor primário com um mínimo de eficaz, diante de varias questões, que vai desde a organização estrutural ate a questão ambiental no setor rural, passando principalmente pela economia solidária, onde se destaca a produção familiar.

ENTÃO SE DINHEIRO TINHA O QUE FALTAVA ERA GESTÃO,

AQUI ESSE DINHEIRO NÃO CHEGOU,

SE O AGRONEGÓCIO É A SAÍDA DO ACRE,

AQUI EM TATAUACÁ-ACRE ELE NÃO PASSOU

Ainda há tempo Senhor Governador, para que se cumpra pelo menos a metade de tudo aquilo que foi prometido ao povo, mostrando competência e vontade política, proporcionando um mínimo de desenvolvimento econômico no pouco espaço de tempo que lhe resta nesta gestão, para que vossa excelência seja lembrada como um DIFERENCIADOR e não como um CUMPLICADOR. A HISTÓRIA esta ai para registrar os fatos positivos ou negativos do que se faz aqui para outras gerações.

Escrito Por Edson Menezes - economista

domingo, 1 de agosto de 2021

Tarauacá: economia se faz com vida dispara o economista Edson Menezes..

            ECONOMIA SE FAZ COM VIDAS

Falar de economia nesse momento atípico, não poderia deixar de falar da PANDEMIA DO COVID 19, por isso o título do artigo a ser escrito, cita a questão da VIDA como um bem maior que vai confrontar com outro bem, no caso o bem ECONÔMICO, tão importante quanto à vida, mais não maior que a VIDA.

A Pandemia chegou como o cavalheiro da morte ceifando não só vidas, mas também destruído empregos, fechando empresas e confundindo os políticos nas suas retóricas de como fazer o melhor para salvar esses dois bens tão importantes para os serem humanos civilizados. Porém é nesse contexto que se destaca as tomadas de decisões dos grandes chefes políticos de cada nação, principalmente chamando a responsabilidade para si, procurando unificar toda sociedade em torno de um só objetivo maior, através de um pacto politico e econômico com regras bem definidas para enfrentar um adversário desconhecido e perigoso chamado: O VÍRUS DA COVID 19 que impactara positivamente ou negativamente, na economia, pois vida é o elemento número 1, para economia, porque sem vida não haverá produção, não haverá principalmente consumo, a MOLA MESTRE que é a RAZÃO de existir economia. E nesse contesto, o nosso presidente comparado aos outros das grandes nações internacionais, foi um fiasco, pois quando o mundo inteiro estava preocupado em diminuir a transmissão do vírus e acelerar o processo da descoberta de uma vacina e sua aplicação em massa, BOLSONARIO, O presidente em quem confiei o meu VOTO, como a maioria do povo brasileiro, caminhou numa direção contraria, começou uma briga política com o governador /DORIA de São Paulo, esquecendo que o povo brasileiro queria era uma solução urgente para o problema, e como não bastasse deu uma de CIENTISTA, receitando a "cloroquina", "invermectina" e outras drogas medicinais como tratamento precoce, quebrando protocolo de prevenção e apostando na imunização de rebanho, aonde a população brasileira era a cobaia, atrasando todos os procedimentos de aquisição da vacina, o que custou ao Brasil a triste marca de mais de meio milhões de morte e o primeiro lugar na estatística de óbitos no mundo,  que continua morrendo mais de 1000 pessoas por dia, não demorará para chegarmos perto de 1.000.000 de óbitos,  onde mais de 300.000 brasileiro poderia ter sido salvo se aqui tivesse iniciado a vacinação na mesma data que ocorreram nas outras nações que seus governantes tiveram outras posturas e respeito pelo seu povo. Será que o mundo todo estava errado e só o presidente estava certo? Por isso, que deu no que deu...

Desse modo a economia que já vinha mal, ficou pior, alcançando mais de 14.000.000 de desempregados. Esses mais de duzentos, trezentos mil óbitos que poderia ter sido evitado, estavam mentes brilhantes como: empresários, médicos, engenheiros, professores e outros... Que além do valor sentimental que não tem preço de qualquer ser humano, trouxe um prejuízo imensurável para a nossa economia, tanto pela queda do consumo, como pela falta de produtividade, sem falar no custo e tempo que se gasta para formar um desses profissionais.

E agora o que fazer senhor presidente? Continuar ou parar de ficar brincando de gato e rato com os outros políticos e/ou olhar para a economia e o seu povo que o elegeu. És a questão!

Escrito pelo  professor de Economista Edson Menezes

sexta-feira, 23 de julho de 2021

A economia e você com professor Edson



Tarauacá: Vem aí o novo "Blog Boca de Fogo" do Bairro do Triângulo

EDITAL DE FUNDAÇÃO 
DO BLOG BOCA DE FOGO DO TRIANGULO 
Economista professor Edson 

Nasce o Blog Boca de Fogo do Triangulo partindo de uma necessidade de se ter um termômetro que meça os atos econômicos e sociais das gestões publica nas três esferas de governo: municipal (Tarauacá),estadual(Acre) e nacional (Brasil),para que as reportagens do blog sirva sempre como um referencial para os governantes, políticos, sociedade civil organizada, empresários e a sociedade de um modo geral. 

Será um blog que vai discorrer no campo das idéias sobre a política de gestão publica e privada,tendo como referencial sempre a política econômica tanto na visão Macroeconômica, como na microeconômica nas três esfera de governo, assim como nos fatos isolados da economia em nossa sociedade. Partindo sempre do principio de uma critica construtiva quando for o caso, embasado nos conhecimentos científicos da Ciências Econômica e Social, como também torcendo elogios nas ações positivas,sem defender cores partidárias ou grupos políticos, nem fazendo propaganda de política de determinada empresa, mas fazendo cobranças e sugerindo veredas que venha equilibrar as ações de desenvolvimento econômica em nosso Município, Estado e Pais no momento critico e tão difícil em que passamos com essa pandemia da covid-19. 

Todos estarão convidados a ler, primeira reportagem segunda-feira, dia 01 de março de 2021. 

“COVID-19, Surto de Dengue e Alagação, chegou a CRISE ECONOMICA EM TARAUACÁ”. O que fazer?

Prof. Edson Economista

terça-feira, 13 de julho de 2021

Tarauacá: Vem aí o novo "Blog Boca de Fogo" do Bairro do Triângulo


EDITAL DE FUNDAÇÃO 
DO BLOG BOCA DE FOGO DO TRIANGULO 
Economista professor Edson 

Nasce o Blog Boca de Fogo do Triangulo partindo de uma necessidade de se ter um termômetro que meça os atos econômicos e sociais das gestões publica nas três esferas de governo: municipal (Tarauacá),estadual(Acre) e nacional (Brasil),para que as reportagens do blog sirva sempre como um referencial para os governantes, políticos, sociedade civil organizada, empresários e a sociedade de um modo geral. 

Será um blog que vai discorrer no campo das idéias sobre a política de gestão publica e privada,tendo como referencial sempre a política econômica tanto na visão Macroeconômica, como na microeconômica nas três esfera de governo, assim como nos fatos isolados da economia em nossa sociedade. Partindo sempre do principio de uma critica construtiva quando for o caso, embasado nos conhecimentos científicos da Ciências Econômica e Social, como também torcendo elogios nas ações positivas,sem defender cores partidárias ou grupos políticos, nem fazendo propaganda de política de determinada empresa, mas fazendo cobranças e sugerindo veredas que venha equilibrar as ações de desenvolvimento econômica em nosso Município, Estado e Pais no momento critico e tão difícil em que passamos com essa pandemia da covid-19. 

Todos estarão convidados a ler, primeira reportagem segunda-feira, dia 01 de março de 2021. 

“COVID-19, Surto de Dengue e Alagação, chegou a CRISE ECONOMICA EM TARAUACÁ”. O que fazer?

Prof. Edson Economista